29 de agosto de 2011

Reabrindo a Crista do Ferraria no mês do cachorro louco

Neste final de semana tive o prazer de receber o convite do Jamil do CPM para ajudar na finalização da conquista da Face Leste do Ferraria, trilha que percorre a "crista" desta montanha, iniciando quase no nível do mar e chegando no cume, a 1754 metros de altitude.

O Jamil, junto com o Juliano, Josafat e Diego formam um grupo de amigos que ficaram conhecidos como "Cachorrões da Serra". Este nome se deu pelo fato deles terem feito amizade com os cachorros da Fazenda Lírio do Vale, que fica no sopé do Pico Paraná. Estes cachorros acompanharam a investida do grupo em diversas ocasiões das 7 necessárias para que eles conseguissem terminar a trilha.

Nesta ascensão não pudemos ter a companhia do Diego, que ajudou na abertura da trilha em ocasiões anteriores. Também tivemos a ajuda do Edenilson Nascimento, doutorando em Geologia da UFPR e de Camila Dias dos Reis.

A crista do Ferraria recebeu na ocasião sua quarta ascensão, vamos voltar no tempo para rever a história das escaladas nesta face da montanha:

Primeira ascensão: Dia 21 de Abril de 2000. Élcio Douglas, Ivon Cesar Salles (Sexta) e Batista.
Por conta da data da conquista, o caminho foi batisado de "trilha dos 500 anos".

Segunda ascensão: Passagem do ano 2000/2001. Élcio Douglas, Ivon Cesar Salles e Taylor Thomas. A ascenção desta crista foi parte da chamada "Travessia do Milenio". Foi a primeira vez que alguém saiu do Bairro Alto de Antonina, subiu a Serra e foi parar na Estrada da Graciosa. Ver história na íntegra.

Terceira ascensão: Junho de 2007. Élcio Douglas, Julio Fiori, Moises Lima e Paulo Marinho. Subida pela crista e descida pela clássica. Ver relato.

Quarta ascensão: Agosto de 2011. Jamil, Juliano, Josafat, Pedro, Edenilson e Camila. Primeira trilha nesta face da montanha, primeiro ascensão feminina e primeira descida completa pelo mesmo caminho.

Em breve disponibilizaremos o relato no site AltaMontanha. Por enquanto fique com as fotos:

Subindo a crista no sábado

 Almoço antes do grande degrau da crista

 Tempo ameaçando abrir

 PP entre as nuvens

 Taipa

 Paredão do Ferraria

 Jamil vencendo o abismo do grande degrau

 Terminando a subida do degrau

 Amanhecer

 Vista para o norte desde o local onde pernoitamos.

 Vista para o cume desde onde pernoitamos

 Paredão do grande degrau

 Cume distante

Caratuva e Taipa visto da crista

 Edenilson medindo uma falha

 Até aqui tem o Pinus invasor!

 Paisagem campestre e Pinus

 Matinha nebular

 Grande paredão do Ferraria

 Vista final para o cume do Ferraria

 Falha que corta a crista do Ferraria

 Mar de nuvens

 Saci e Pico Paraná

 Jamil nos metros finais antes do cume


 Integrantes da última investida no cume. Camila, Pedro, Juliano, Josafat, Jamil e Edenilson.

Eu e o podão que usei pra abrir caminho.

4 comentários:

Jopz_B1B disse...

Show de pernada... PUNK PUNK PUNK, sempre olho essa crista lá do TAIPA e a inclinação é praticamente uma parede. Bonito visual nas fotos.

JOPZ

Diego disse...

Legal Pedro... A trilha está realmente linda, sinto em não ter ficado para a conclusão, mas acredito que não faltarão oportunidades para o retorno... Belas fotos... Grande abraço...

Getulio (gvogetta) disse...

Muito bacana a notícia! Parabéns aos bravos "cachorrões" pela empreitada! Mais um motivo agora para subir o Ferraria... Abraços!

Pedro Alves Lima disse...

Pedro, parabéns a todos, já ouvi falar dos "Cachorrões" mas jamis imaginei chegar tão perto deles, eu gostaria de fazer essa trilha, tenho experiencia em Montanhas mas não de escalada intensa. Qual é a dificuldade maxima dessa trilha? Já fiz Pico da Bandeira, Agulhas Negras,Serra dos Orgãos e Serra da Capivara e Canastra, no Brasil e Trilha Inca até Machu Picchu e Chacaltaya a 5500nmts de altitude.
Como estou meio enferrujado, gostaria se possivel maiores informações sobre essa trilha.

Grato
Pedro Lima