Blog do Pedro Hauck: Tentando enganar São Pedro 2

19 de abril de 2011

Tentando enganar São Pedro 2

Um final de semana após a chuva no Araçatuba, eis que volto para a Serra do Mar...

Na quinta e na sexta o tempo foi bom em Curitiba, fez sol e um pouco de chuva, normal pra quando se está ocupado. A proximidade com o final de semana e a previsão do tempo, no entanto, já me fazia lembrar da lei de murphy.

Eu, no entanto, já estou carimbado e falei pra Camila que não ia pra Serra no final de semana. Deus ouviu e mandou um sábado ensolarado, é claro! A tal da frente fria que tava chegando ficou estacionada no Rio Grande do Sul.

Depois de uma tarde inteira arrumando as coisas que faltavam pro Manoel e pra Priscila nos acompanhar na desobediência divina (a primeira vez deles na Serra do Mar), pegamos a estrada junto com o Mario e também a Camila rumo à fazendo do Dilson, pra ver o dia ir embora de cima da Pedra do Grito indo em direção às montanhas banhados com a luz de uma linda lua cheia, que perfeito!

Deus não é bobo, logo que saí do mato e cheguei nos campos do Getúlio ele me avistou e mandou a frente fria do Rio Grande pro Paraná. Quando vi as chuvens atravessar os passos entre o Ferraria e o Taipa, caindo pelo vale como se fossem espuma, também entre Taipa e o Caratuva e deste último e o Itapiroca, fiz uso de utensilios tecnológicos pra ter certeza que a pressão tinha baixado e que aquilo ia dar merda...

Não deu outra, foi só chegar nos campos do Itapiroca pra pegar chuva grossa, frio e muita raiva. Dormi bem, é verdade, mas a ida pro PP melou naquele momento...

Domingo acordou preguiçoso. Nem perdi tempo sofrendo por antecipação... Eu odeio desmontar acampamento debaixo de chuva. Deus, no entanto resolveu me dar uma colher de chá e lá pelas 11 mandou o sol secar a barraca. Não fizemos nada demais,  mas ir pra Serra, com chuva ou com sol, fazendo ou não fazendo algo já é muito melhor do que não ir.

Daqui a pouco começa a temporada, tomara que neste ano Deus não nos castigue como nos últimos anos. A previsão, pelo menos, está a nosso favor!

Nascer da lua

Nuvens de espuma atravessam os passos da Serra do Mar

 Amanhecer de chuva e neblina

Itapiroca de Sol



 PP entre as nuvens

Tucum e Camapuan

O que será que o Jamil tá falando pro Mario?


5 comentários:

Paulo Roberto - Parofes disse...

Cara eu já perdi as esperanças de voltar na Serra do Mar com um fds completo sem chuva. É quase que busca ao ElDourado kkkkk
Mas de qualquer maneira, como vc mesmo disse, ir e pegar sol e chuva é melhor do que não ir.
Belas fotos cara!
Abraços

Mildão disse...

heheh aqui criaram uma fórmula MMC = Mildo+ Montanha = Chuva, da pra criar mais uma PH=C hehehehehe

Mildão disse...

aqui criaram uma fórmula MMC = Mildo + Montanha = Chuva, da pra criar outra JHC, hehehe

Bea disse...

muito legal as fotos com nuvem, pedro!!

Miriam Chaudon disse...

Concordo,com sol é bem melhor...mas bom mesmo é colocar a mochila nas costas e aventurar por aí mesmo com chuva! Lindas fotos e lindo lugar!