Blog do Pedro Hauck: Última montanha antes "da" montanha.

20 de dezembro de 2007

Última montanha antes "da" montanha.

Neste último fim de semana fui com o pessoal do CPM até o Pico Paraná, a montanha mais alta do sul do país que fica pertinho de Curitiba.

O PP, como é chamado aqui, tem 1877 metros de altitude. Apesar de ser pouco em altitude, em amplitude ele é enorme, pois sua base fica no nível do mar. Isso também não quer dizer que para chegar ao seu topo é preciso escalar tudo isso. Calma!

O PP é alcançado à pé, numa caminhada no máximo esforçada. O inicio da trilha que leva ao cume fica numa fazenda de nome homônimo numa altitude de 960 metros.

Mesmo sendo uma montanha fácil, resolvi ir pesado e passar a noite por lá. Acabei escolhendo o Pico Itapiroca para acampar, pois além de ter uma visão privilegiada para o PP, ainda é um lugar super confortável por causa das gramíneas em que montamos a barraca em cima.

Depois de passar uma noite tranquila, no dia seguinte fui leve ao PP, parando de quanto em quanto para tirar uma foto e observar a paisagem.

São muitas as montanhas que circundam o PP, todas elas muito altas, como o Caratuva, o Ferraria, Taipabuçu, Tucum, Camapuã, Ciririca e Agudo da Cotia. Todas elas fazem parte da Serra do Ibitiraquire, que é este conjunto norte da Serra do Mar paranaense. Ótimo lugar para dar fim a preparação que fiz neste segundo semestre visando escalar a face sul do Mercedário, agora no final de ano.

Sei que a preparação não vou das melhores. Não vou para a Argentina com um preparo físico de maratonista, entretanto, acredito que estou melhor que nos anos anteriores, o que é um bom sinal, vocês não acham?

Vista ortogonal da trilha para o PP

A mesma trilha em 3 dimensões

... agora do lado oposto, visto desde o cume do PP.

Vista do cume do Itapiroca para a Serra do Capivari

Amanhecer no Itapiroca com o PP ao fundo

Vista do cume do PP para o litoral do Paraná. Ao fundo observa-se a baía de Paranaguá

Vista para o Agudo da Cotia e Ciririca ao sul. Nota-se uma proeminente falha geológica!

Para o sudoeste, vista para o Tucum (direita), Anhangava (distante a esquerda) e Curitiba (horizonte)

Aqui sou eu com vista para o noroeste, onde se vê o Taipabuçu (esquerda) e Ferraria (direita).

Vista para o Conjunto Pico Paraná, com o Ibitirati e sua parede (a maior do sul do Brasil, esquerda) e o próprio PP (direita). Ano que vem promete escalar esta parede do Ibitirati!

Um comentário:

Mikael disse...

É isso aê Pedro!!!

Agora é só vc curtir o frio dos Andes de novo... Boa sorte e uma ótima escalada no Mercedario!!!

Abração

Mikael